Ação Mais Aracaju nos Bairros tem boa receptividade no Santa Maria

Val e Cittamobi tornam o caminho mais rápido no Transporte Público
5 de abril de 2021
Fundat recebe totem de autoatendimento da Aracajucard
28 de abril de 2021
Exibir Todos

Ação Mais Aracaju nos Bairros tem boa receptividade no Santa Maria

Equipes se deslocaram para o Conjunto Governador Valadares, promovendo informações sobre o combate ao Coronavírus e vendendo recarga na hora

Com o intuito de mobilizar mais ainda a sociedade civil sobre as medidas protetivas em relação ao vírus da Covid-19, uma equipe da Aracajucard se deslocou no último sábado (10) para o Bairro Santa Maria para a Ação Mais Aracaju nos Bairros. 

Com o objetivo de reforçar a importância de trocar o dinheiro pelo uso da Bilhetagem Eletrônica, os agentes comerciais caminharam nas ruas do Conjunto Governador Valadares para falar das formas de proteção que o passageiro de ônibus pode seguir fazendo para ter viagens tranquilas, além de vender recarga para quem quisesse adquirir o cartão Mais Aracaju Pré-pago e divulgar a Val, atendente virtual da Aracajucard.  

“Tivemos uma boa recepção da comunidade. As pessoas realmente ouviram as instruções e entenderam a importância de evitar a contaminação do vírus da Covid-19 trocando o dinheiro pelo cartão pré-pago na hora! Isso é muito gratificante”, diz José Carlos Amâncio, diretor executivo da Aracajucard. 

A população foi às portas ouvir a Val no carro de som e adquirir o cartão, como foi o caso da dona de casa, Elenice Pereira. 

“Prestei atenção na questão da proteção e praticidade. Por isso, quis logo adquirir meu cartão e fazer minha recarga. Agora vou andar de ônibus mais protegida e sem pegar em dinheiro!”, informa.

O mestre de obras Wellington dos Santos foi um dos primeiros a escolher a Bilhetagem Eletrônica na ação.

” O Coronavírus está aí circulando e é melhor a gente se prevenir. Fora que o cartão é prático e não preciso ficar esperando ou pegando em dinheiro. Muito boa a ação”, comenta. 

A ação continua no próximo sábado, 17, no Bairro Santa Maria. A ideia é poder aproximar o serviço de Bilhetagem Eletrônica da comunidade e tornar sempre o caminho mais rápido.